10 Perguntas | O Capitão Nors

Todas as equipas precisam do seu capitão. E as equipas do Expresso BPI Padel Trophy não são excepção à regra. Envergar a braçadeira tem as suas vantagens, é certo, mas não há como fazê-lo sem esperar um acréscimo de responsabilidades. Quando a equipa conquista, o capitão ergue o troféu perante a multidão eufórica. Quando o resultado não é o desejado, #ocapitãoresponde pela equipa perante a mesma multidão, desta vez, insatisfeita. Em contagem decrescente para a próxima fase  do Expresso BPI Padel Trophy, fomos conhecer melhor cada uma das empresas participantes, pelas palavras dos seus capitães. Ouvimos Ico Jervell, representante da equipa Nors.

1. Três adjectivos que definam um bom Capitão?

Sensível, Companheiro e motivador.

2. Porque acharam boa ideia para a empresa participar no Expresso BPI Padel Trophy?

Porque é um campeonato que promove o espirito de equipa entre os participantes e possibilidades de networking com outras empresas.

3. Que jogador está mais empenhado em ganhar o troféu?

Todos os jogadores de equipa NORS têm muita vontade de ganhar o troféu.

4. Quais as maiores dificuldades sentidas durante a competição?

Conjugar as disponibilidades dos jogadores com as datas do torneio.

5. Qual o principal objectivo da equipa dentro da prova?

O nosso melhor objectivo é divertir, sendo que, quando se ganha a diversão é maior

6. Caso ganhem como vão celebrar?

3 dias em Ibiza, 4 dias em Punta del Este e um jantar na tasca do Joel em Peniche.

7. Que conselho dariam às equipas adversárias?

Nors vos aconselhamos a treinarem Bi-diário.

8. Qual a equipa que vos dava mais gozo defrontarem?

A equipa o que chegar à final contra nós.

9. De que forma o lema da equipa se enquadra com o que se pratica dentro da empresa?

Sozinhos vamos mais rápido mas em conjunto vamos mais longe.

10. O que leva de melhor desta competição?

Convivio, desporto e a grande taça.